domingo, 1 de novembro de 2015

Prazeres Culpados

 Prazeres Culpados Keta Diablo 

O cuidado de entrar em alguns Prazeres Culpados.
"Sim, sim." Meus pedidos de mais ecoou na solidão silenciosa do quarto de hotel. Minhas
mãos amarradas foram atrás das costas e amarradas à cadeira; meus tornozelos segurando as
pernas da mesma maneira. Olhos vendados, eu não podia ver a ligação, mas o cheiro de couro
em espiral no meu nariz. Claro, o flogger. Eu deveria ter sabido.
Permitindo que minha mente vagasse, imaginei Mestre D pairando sobre mim, grande e
poderoso. O chicote na mão cortou o ar, antes de me entregar ao próximo beijo da dor para
minhas coxas nuas. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário