segunda-feira, 16 de novembro de 2015

O SANGUE DO CORVO

O SANGUE DO CORVO
Anya Bast

Gabriel Letourneau, um Vampiro de quatrocentos anos de idade, esteve guardando Fate Harding das Forças Escuras que os rodeiam durante um tempo larguíssimo. 
A noite em que o período de perseguição chega a seu fim, quando Gabriel finalmente acredita que ela está a salvo, Fate é violentamente atacada, Abraçada1, e abandonada diante sua porta.
Fate não sabia que tinha um guarda-costas vampírico até a noite em que se transformou em Vampiro. Ela acorda de sua dura experiência com um poderoso desejo de sexo e sangue, e Gabriel se vê perfeitamente capaz de satisfazer todas suas necessidades imediatamente.
 Com um desejo sexual o suficientemente quente para incendiar a cidade inteira, recorre a Gabriel para saciar as luxúrias dos recentemente Abraçados e lhe ensinar os costumes de sua nova vida.
Fate acorda algo dentro de Gabriel que esteve dormido durante séculos. 
Ele é insaciável em todos os aspectos no que se refere a ela, mas domesticar e reter à fogosa e teimosa Fate é outra coisa diferente. 
Sobretudo quando ela tem uma história de maus tratos e traição por parte daqueles aos que amava. 
O desafio máximo de Gabriel se transforma em ganhar a confiança de Fate.
Até se Gabriel conseguir convencer Fate de que ele é o único homem para ela, não pode retê-la. 
Alguém está espreitando Fate, manipulando a ambos, e castigando Gabriel por seus pecados passados.

Nenhum comentário:

Postar um comentário