sexta-feira, 4 de dezembro de 2015

Uma Vez, Um Libertino

Once a Rake

Rona Sharon


Uma irresistível paixão que só conduz...
A guerra marcou o rosto do conde de Ashby...

 E possivelmente também sua alma. 
Antes de ser ferido na guerra contra Napoleão e ser rejeitado pela sociedade, o arrumado lorde tinha sido um célebre libertino. Agora, Isabel Aubrey, 
uma dama decente, atreve-se a aproximar-se ao mascarado e solitário aristocrata para conseguir uma substancial doação de beneficência e decide que deve lhe salvar do auto desprezo que sente por si mesmo. Isabel começa a paquerar e ele responde. 
Convida a um baile de máscaras. Ele aceita e a deslumbra com um beijo.

...à paixão mais escandalosa.
Mas Isabel já tem um prometido, e apesar da atração que sente pelo conde, sabe que deve rejeitar ele. Entretanto, não há força sobre a face da terra maior que a paixão que a leva até sua cama; nada do que experimentou é mais excitante e erótico. 
Agora ele pede que fique a seu lado embora isso implique em sua queda em desgraça. Isabel não deve aceitar... 
E o apaixonado conde não pode permitir que ela diga não.
Para ganhar seu corpo e seu coração, coloca em andamento um escandaloso plano que só um libertino poderia conceber... e que nenhuma mulher poderia resistir.

Nenhum comentário:

Postar um comentário